fbpx

Perguntas Mais Comuns Sobre a Tuberculose:

 

1. O Que É Tuberculose Drogarresistente (TD DR)?

A Tuberculose Drogarresistente (TB DR) ocorre quando a bactéria causadora da doença não responde mais ao tratamento com os antibióticos de primeira escolha, ou seja, os antibióticos usados na primeira linha de tratamento não são mais capazes de curar a doença.

A principal causa de TB DR é o uso irregular dos medicamentos e abandonos frequentes do tratamento. Quando o paciente é diagnosticado com TB DR, o tratamento pode ser modificado e também prolongado, com uso de antibióticos diferentes.

Para evitar o surgimento de Tuberculose Resistente, é importante que o tratamento seja realizado da maneira correta até o final.

 

2. A Tuberculose Pode Voltar?

Mesmo após o tratamento e a cura, ninguém fica com anticorpos e com imunidade para a Tuberculose, havendo a possibilidade de se infectar novamente, o que é chamado de reinfecção.

E em alguns casos em que o tratamento não é realizado da maneira correta, a doença pode voltar algum tempo depois, o que é chamado de reativação.

Não ficamos imunes à Tuberculose após o tratamento, existe o risco de reinfecção.

 

3. O Que É Infecção Latente da Tuberculose e Avaliação dos Contatos?

Quando uma pessoa entra em contato com a bactéria causadora da Tuberculose, ela pode se infectar, porém pode não adoecer naquele momento. Dizemos que a bactéria fica latente no organismo – escondida, não aparente – podendo se manifestar como doença ativa até muitos anos depois. Isso é chamado de Infecção Latente da Tuberculose (ILTB).

É considerada contato e deve realizar investigação de ILTB as pessoas que foram expostas ao paciente com Tuberculose ativa, principalmente em casos de Tuberculose Pulmonar.

Esse convívio pode ter sido em casa, em ambientes de trabalho ou em instituições de longa permanência. A definição dos contatos que devam ser investigados é individualizada conforme a realidade de cada paciente.

Quem for considerado contato e diagnosticado com ILTB após avaliação clínica, tem indicação de tratamento com antibióticos para tratar essa bactéria que está latente, e evitar o adoecimento no futuro.

 

4. Existe Vacina Para a Tuberculose?

A vacina BCG é utilizada como medida complementar para controle da Tuberculose. Ela previne especialmente as formas graves da doença, como Tuberculose miliar e meníngea em crianças. A vacina é fornecida pelo SUS, e faz parte do calendário nacional de vacinação.

Ela deve ser realizada o mais precocemente possível, de preferência ainda na maternidade logo após o nascimento, e no máximo, até os 5 anos de idade.

A partir dessa idade, nenhuma pessoa deve ser vacinada com a BCG, exceto casos muito específicos de contato com Hanseníase.

IMPORTANTE

O diagnóstico precoce do HIV aliado ao tratamento adequado constitui uma forma de prevenção para novas transmissões, além de melhorar tanto a expectativa de vida quanto a qualidade de vida do portador de HIV.

Rua Júlio de Castilhos, 930 Centro - Vacaria/RS

Contato

Contato

99199-1439

E-mail

E-mail

sae.saude@vacaria.rs.gov.br

Open chat
Precisando de ajuda?